Ir para o conteúdo

Terra Sem Males

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Eleições presidenciais 2018 | Editorial Terra Sem Males

10 de Outubro de 2018, 15:47 , por Terra Sem Males - | No one following this article yet.
Visualizado 21 vezes

O Terra Sem Males é um site de jornalismo independente construído de forma colaborativa e voluntária por jornalistas progressistas e tem sua linha editorial focada em pautas e abordagens visando o olhar dos trabalhadores, dos movimentos sociais, das lutas sindicais e dos povos tradicionais.

Nossa atuação é direcionada em pautar e visibilizar denúncias de retrocessos e ataques contra os trabalhadores e povos, em favor dos direitos humanos.

Diante do resultado eleitoral, em que as eleições de 2018 para presidência serão decididas no segundo turno, o Terra Sem Males se posiciona contra o avanço do fascismo e contra a apologia à violência e à ditadura militar, entendendo que a candidatura de extrema-direita capitaneada por Jair Bolsonaro atinge a liberdade das mulheres, criminaliza o povo negro, pobre e os povos originários, além de fomentar o preconceito e a lgbtfobia.

O Terra Sem Males reafirma seu compromisso da defesa da pluralidade, da diversidade e dos direitos das minorias e, por esse motivo, esclarece que irá divulgar, neste segundo turno, informações sobre as propostas de governo de Fernando Haddad e sobre os atos públicos de apoio à sua candidatura e de sua campanha, como forma de esclarecer a população sobre a ameaça à democracia e às liberdades coletivas e individuais que a outra candidatura representa neste momento.

Em somente três dias após a finalização do primeiro turno, diversos atos extremos de violência foram registrados pelo país, incluindo uma morte por facadas, espancamento e atropelamento, deferidas por eleitores de Bolsonaro contra pessoas que se manifestaram ou estavam identificadas como eleitores de Haddad.

Até o momento, essas ações não foram devidamente repudiadas pelo candidato que diversas vezes, em entrevistas, homenageou a ditadura e incentivou a morte de oponentes, causando no país a chancela pela continuidade de atos de violência. Em momento algum de suas declarações ele pede aos seus seguidores que deixem de lado a agressão física contra qualquer pessoa que seja.

O candidato do PSL também declarou que irá impedir qualquer ativismo se eleito, denotando o uso de repressão e de aparelhamento militarizado em sua campanha eleitoral, o que inviabilizaria as lutas populares e mobilizações sociais, colocando em risco a dignidade, a cidadania e até mesmo a vida de grande parte da população.

Além da chancela à ditadura militar e à violência física, da apologia ao armamento, Bolsonaro também declarou que em seu governo nenhuma área indígena será demarcada, jogando os povos tradicionais à própria sorte.

O Terra Sem Males reafirma sua linha editorial e a defesa da democracia e irá atuar na divulgação de informações para que a sociedade esteja esclarecida e consciente dos riscos da candidatura de Bolsonaro e ainda, das propostas inclusivas de Haddad, que se articula numa ampla frente democrática para vencer as eleições presidenciais num embate entre a possibilidade de lutas sociais num governo democrático e o risco da volta da ditadura e de um governo opressor.

Foto: Joka Madruga.


Fonte: http://www.terrasemmales.com.br/eleicoes-presidenciais-2018-editorial-terra-sem-males/