Ir para o conteúdo

Motta

Voltar a Crônicas do Motta
Tela cheia

E o show de horrores vai continuar...

9 de Março de 2015, 15:40 , por Desconhecido - | No one following this article yet.
Visualizado 30 vezes
Monitoramento das redes sociais feito pelo PT mostrou que a organização do ridículo "panelaço" de domingo à noite foi iniciativa de partidos da oposição. 

Muito já se escreveu sobre a legitimidade dessas manifestações.

Fazem parte da democracia.

Assim como as que estão marcadas para este fim de semana, uma promovida por centrais sindicais, organizações de classe e movimentos sociais, e a outra uma espécie de "Marcha com Deus em Defesa da Família e da Propriedade".

Vão ser dias barulhentos.

E por quê?


Bem, a de sexta-feira pretende mostrar ao país que a Petrobras é muito maior que os seus detratores - e aqueles que a usam com interesses pessoais. Em suma, o ato será em defesa da maior empresa do país, responsável por centenas de milhares de empregos diretos e indiretos, referência mundial em tecnologia, dona de uma receita muito superior ao PIB de dezenas de países, e que, prestes a se converter na fonte primária de recursos para educação e saúde, sofre, a pretexto de se punir a roubalheira de alguns diretores, o maior ataque de sua história.

Já a manifestação do dia 15 faz parte do longo processo golpista que a oligarquia brasileira, com a inestimável ajuda da imprensa, desenvolve para defenestrar de Brasília o governo trabalhista.

A exemplo do vexatório "panelaço" domingueiro dos burgueses, não se verá quase nenhum negro ou pobre entre os participantes. 

O povo não é bem-vindo nessas festividades "cívicas" promovidas pela oposição.

Ela é exclusiva de uma classe que odeia os trabalhistas pelo sucesso que tiveram em resgatar dezenas de milhões de brasileiros da miséria e proporcionar-lhes a cidadania.

Haverá, como no risível "panelaço" domingueiro, um festival de xingamentos e um show de preconceito, ódio e intolerância, em meio a "selfies", bandeiras do Brasil, discursos desconexos, faixas atentatórias à lógica e ao vernáculo - um desfile de monstruosidades que não faria feio nos antigos espetáculos mambembes nos quais a mulher barbada era destaque absoluto.

Faz parte da democracia, dizem.

O problema é que os que batem panelas caríssimas, xingam a presidenta de "vaca" e "filha da puta", e pedem a intervenção dos militares, não estão nem aí para a democracia.

Eles querem mesmo é a volta da escravidão.
Fonte: http://cronicasdomotta.blogspot.com/2015/03/e-o-show-de-horrores-vai-continuar.html

Motta

0 comunidades

Nenhum(a)