Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Ciro aproveita onda em redes sociais e reforça que vai tirar nomes do SPC

11 de Agosto de 2018, 16:29 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 49 vezes

Ciro foi entrevistado por seis outros membros do PDT, todos candidatos a algum cargo eletivo nas eleições de outubro: Marcelo Cândido (governador), Gleides Sodré (vice-governadora), Antonio Neto (senador), Gabriel Cassiano (deputado estadual) e Tabata Amaral (deputada federal).

 

Por Redação – de São Paulo

 

Candidato do PDT à Presidência da República, o ex-governador Ciro Gomes surfa, neste sábado, a onda que se levantou nas redes sociais, em que ele se transforma em ‘Pai Ciro’ para livrar os brasileiros do ‘nome sujo no SPC”. Nesta manhã, ele voltou a reafirmar sua promessa de campanha de que vai ajudar a limpar o nome de 63 milhões de consumidores incluídos na lista do cadastro de Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Mas evita entrar em detalhes sobre como isso acontecerá.

"Pai Ciro" cria uma fórmula para limpar nome sujo no SPC“Pai Ciro” cria uma fórmula para limpar nome sujo no SPC

— Preparei um projeto para limpar o nome das pessoas. Tudo o que eu falo agora, os meus adversários estão copiando, está ficando engraçado. Vou fazer um suspense. Ainda não vou entregar o ouro. Não vou entregar. Pai Ciro não traz a mulher amada, mas vai ajudar você a tirar o nome do SPC. Manda mais meme, mais meme! — ironizou durante entrevista transmitida neste sábado, pelo Facebook.

Ciro foi entrevistado por seis outros membros do PDT, todos candidatos a algum cargo eletivo nas eleições de outubro: Marcelo Cândido (governador), Gleides Sodré (vice-governadora), Antonio Neto (senador), Gabriel Cassiano (deputado estadual), Tabata Amaral (deputada federal) e Túlio Gadêlha, candidato a deputado federal por Pernambuco.

No evento, que teve uma média de 2 mil acessos, Ciro levantou os quatro principais pontos econômicos de seu programa de governo: impulsionar o consumo das famílias; retomar as obras públicas para incentivar a geração de empregos; baixar os juros para aumentar os investimentos e implantar uma nova política industrial com foco no comércio internacional.

Reforma trabalhista

Da mesma forma que no debate de quinta-feira, Ciro também destacou eu legislação trabalhista precisava de mudanças, mas criticou a reforma trabalhista do governo Michel Temer que precarizou a situação dos trabalhadores.

— Uma vez eleito, eu vou chamar os sindicatos, os trabalhadores, os empresários, a universidade e especialistas internacionais para montar uma lei trabalhista moderna. Uma lei moderna que vem para proteger o lado mais fraco, que é o trabalho contra o capital — afirmou.

Segundo o ex-governador cearence, “deixar trabalhador e patrão negociar livremente é botar uma galinha para negociar com uma raposa. Cerca e diz: “negocie livremente”.

— Meu irmão, não sobra uma pena!. Aí vem o meu estimado amigo Geraldo Alckmin, meu opositor, e diz: “Ops! Erramos…”. Peraí! O PSDB e PMDB são os dois partidos que sustentaram o golpe e votaram todas essas reformas antipobre e antinacional. E ainda vão dizer que são a mudança. Quem diz que é a mudança e sustenta Temer insulta o povo — concluiu.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/ciro-aproveita-onda-redes-sociais-reforca-que-tirar-nomes-spc/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias