Ir para o conteúdo

Motta

Voltar a Segundo Clichê
Tela cheia

Filhos fazem show em homenagem a Jair Rodrigues

28 de Janeiro de 2019, 9:41 , por segundo clichê - | No one following this article yet.
Visualizado 37 vezes

O icônico cantor Jair Rodrigues será reverenciado em dois shows protagonizados pelos filhos Jair Oliveira e Luciana Mello, nos dias 5 e 6 de fevereiro, a partir das 21 horas, no Teatro NET, em São Paulo. O tributo dará início à série de ações em homenagem aos 80 anos de nascimento (6 de fevereiro de 1939) do patriarca da família Rodrigues em 2019, que incluem a produção de dois documentários inéditos. 

No repertório dos shows, os fãs vivenciarão releituras de clássicos e os últimos sucessos que ganharam vida por meio de marcantes interpretações de ‘Jairzão’. A canção ‘Disparada’ (1966), o samba ‘Tristeza’ (1996), o clássico sertanejo ‘Majestade e o Sabiá’ (1971) e o primeiro rap brasileiro ‘Deixa Isso Pra Lá’ (1960) são alguns deles. O intercâmbio entre as duas gerações de artistas na música é a marca registrada da família. Por isso, Jair Oliveira e Luciana Mello também levarão faixas de suas respectivas carreiras, que de certa forma também estejam relacionadas à história do pai para as apresentações.

“Homenagearemos esse grande artista que teve 55 anos de uma carreira sólida e muito bonita. Desde seu início como “crooner“ nas noites de São Paulo até sua consagração como um dos maiores intérpretes da música brasileira. Jair Rodrigues passeava com a mesma elegância, força e alegria pelo sertanejo, bossa nova, serestas e o samba. Vamos narrar e celebrar todas essas fases marcantes e características do legado de nosso pai”, comenta Jair Oliveira.

A dupla se apresentará acompanhada por banda formada por violões, cavaco, bateria, percussão, baixo e teclado. Os shows são uma realização da S de Samba e têm patrocínio exclusivo da HP. Sob o posicionamento institucional ‘Reinvente memórias’, a marca imprimirá fotos do cantor com impressoras com as tecnologias tanque de tintas, látex e cartucho que vão compor memórias de momentos icônicos da vida e carreira do homenageado.  

Luciana Mello explica que a série de homenagens pelos 80 anos de nascimento de Jair Rodrigues tem o objetivo de resgatar a obra do pai e levar sua música para todos os públicos, sejam eles contemporâneos ou a nova geração, que talvez não conheça tanto o legado de 55 anos do artista. Ela adianta que há dois documentários inéditos em produção que deverão chegar ao circuito comercial a partir do fim deste ano.

Produzido por Confeitaria de Cinema com direção de Rubens Rewald, ‘Deixa que Digam’ vai narrar as características marcantes de um dos mais importantes cantores da história da música brasileira. Do sorriso franco à alegria contagiante, do samba à MPB, do rap ao sertanejo, a obra mostrará a popularidade de um dos mais versáteis e anárquicos intérpretes brasileiros. O documentário encontra-se em fase de filmagens e inclui entrevistas de Jair Oliveira e Luciana Mello.

‘Jairzão – O Documentário’ pretende resgatar a trajetória do artista retratado, por meio do olhar dos filhos Luciana Mello e Jair Oliveira. O roteiro acompanhará as origens familiares desde Igarapava, no interior paulista onde nasceu, até a chegada à capital São Paulo, que culminou no sucesso pessoal e profissional. O documentário é uma coprodução da Santa Rita Filme e Cantarolar Produções com produção executiva de Marcelo Braga e direção de Alexandre Sorriso. Encontra-se em captação de recursos com início de filmagens previstas para o primeiro semestre deste ano.

Os ingressos para os dois shows de Jair Oliveira e Luciana Mello em comemoração aos 80 anos de Jair Rodrigues custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada) e já estão à venda na bilheteria do Teatro NET, pelo site www.ingressorapido.com.br e pelo aplicativo para dispositivos móveis do Ingresso Rápido.

Nascido em Igarapava, no interior paulista, Jair Rodrigues Oliveira teve diversas profissões antes de atingir a fama, como cantor, engraxate, mecânico e pedreiro. Iniciou a carreira musical como crooner na década de 1950 em São Carlos, no interior paulista, chegando a participar de festivais de calouros em rádios e, posteriormente, no início da década de 1960, em televisões da capital paulista. Já famoso, em 1964 apresentou o programa ‘O Fino da Bossa’ ao lado de Elis Regina, na TV Record e, em 1966, venceu o II Festival da Música Popular Brasileira com a canção ‘Disparada’. Gravou mais de 40 discos ao longo da carreira, sendo que seu primeiro LP ‘O samba como ele é’, de 1964, fez sucesso com o samba ‘O morro não tem vez’’, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes. É considerado o primeiro rapper brasileiro pelos versos declamados de ‘Deixa isso pra Lá’, de 1960. Jair Rodrigues faleceu em 8 de maio de 2014, deixando para os fãs o seu último trabalho inédito na música produzido pelo filho, o CD duplo ‘Samba Mesmo’, lançado pela Som Livre.

Jair Oliveira, o Jairzinho, é o primogênito da família Rodrigues. Iniciou a carreira em 1980 aos 5 anos como apresentador e cantor da turma do ‘Balão Mágico’, programa transmitido pela TV Globo. Como músico solo, lançou cerca de sete discos, fez turnês pelo Brasil e fora do país, além de compor diversos sucessos e produzir trabalhos para alguns cantores da nova MPB, como Pedro Mariano, Wilson Simoninha e Max de Castro, bem como da própria irmã. Mantém o projeto infantil multiplataforma ‘Grandes Pequeninos’ ao lado da esposa, Tania Khalill, e as duas filhas. Atua também na publicidade, com produção de jingles e trilhas sonoras por meio da produtora S de Samba, em que é sócio. Atualmente, dedica-se à finalização de seu oitavo disco inédito da carreira, intitulado ‘Selfie’, gravado nos Estados Unidos.

Luciana Mello iniciou a carreira aos cinco anos de idade cantando com o pai a música ‘O Filho do Seu Menino’, do compositor Rildo Hora. Depois disso foram inúmeras participações em discos infantis, uma banda montada com o irmão Jair Oliveira nos anos 90 até gravar seu primeiro CD solo, intitulado Luciana Rodrigues” em 1996. Já são sete discos e vários singles de sucessos, como “Simples Desejo”, “Assim Que Se Faz”, “Olha Pra Mim” e “Prazer e Luz”. Acumula duetos com diversos nomes da música popular brasileira, como Emílio Santiago, Alcione, Sandra de Sá, Tom Zé, entre outros. Atualmente, se dedica ao projeto da roda de samba “Samba A 2” junto com Walmir Borges e à produção de show e DVD em comemoração aos seus 35 anos de carreira em 2019.

Serviço

Tributo a Jair Rodrigues
Teatro NET São Paulo – Shopping Vila Olímpia, 5º andar - Rua Olimpíadas, 360.
Apresentações: Dias 6 e 7 de fevereiro, terça e quarta-feira, às 21 horas
Classificação: 12 anos
Duração: 60 minutos 
Ingressos:
R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) – Em todos os setores
Fonte: http://segundocliche.blogspot.com/2019/01/filhos-fazem-show-em-homenagem-jair.html

Motta

0 comunidades

Nenhum(a)