Ir para o conteúdo

Motta

Voltar a Segundo Clichê
Tela cheia

Jazz manouche invade Curitiba antes do Carnaval

7 de Fevereiro de 2020, 14:39 , por segundo clichê - | No one following this article yet.
Visualizado 24 vezes
Mauro Albert e Marcelo Cigano abrem o festival no dia 13

Gênero musical criado na década de 30 do século passado pelo guitarrista Django Reinhardt, o jazz manouche (cigano) se espalhou nos anos seguintes pelo mundo. No Brasil só recentemente ele veio se fixar e graças, em grande parte, ao festival realizado anualmente em Piracicaba, conseguiu muitos apreciadores, ao mesmo tempo em que cativava vários excelentes músicos. 

O festival de Piracicaba foi criado pelo dublê de músico e juiz de direito José Fernando Seifarth de Freitas, que estoicamente vem mantendo-o e ampliando-o. 

Piracicaba é hoje considerada a capital brasileira do jazz cigano, mas pode, a partir deste ano ver o seu título ameaçado por outra cidade, Curitiba, a capital paranaense, que vai realizar, de 13 a 16 de fevereiro, seu 1º Festival de Jazz Manouche.

Na organização do evento está o acordeonista Marcelo Cigano, um dos mais ativos músicos do manouche brasileiro, que informa que a ideia para a realização do festival foi do próprio José Fernando.

A fórmula do festival curitibano segue, em linhas gerais, a de Piracicaba, com apresentações em diversos locais e ingressos a preços populares. O elenco de músicos é, igualmente, numeroso e de alta qualidade - uma garantia de que o público terá uma excelente amostra do que é o jazz manouche.

Programação 

O festival começa na quinta-feira, 13 de fevereiro, às 15h20, no Vale da Música, localizado na Ópera de Arame, com show da dupla Mauro Albert, um dos principais guitarristas manouche do país, e Marcelo Cigano. Às 21 horas os dois voltam a se apresentar, em companhia de Israel Fogaça, Winicius Luiz e convidados no Dizzy Café Concerto (Rua Treze de Maio, 894). 

Na sequência, é a seguinte a programação do festival:

Dia 14/2 

14h20 
Bina Coquet 
Local:Vale da Música

16 horas
Sebastián Abuter
Local:Vale da Música

20 horas
Mauro Albert
Live no Instagram @clubegaragem | Workshop-Pocket Show
Local: Garagem Instrumentos Musicais
Rua Desembargador Westphalen, 604 - Centro

Dia 15/2

10 horas
Israel Fogaça
Local:Vale da Música

12h10
Sebastián Abuter
Local:Vale da Música

13h00
Mauro Albert, Israel Fogaça e Marcelo Cigano
Local: Full Jazz Bar 
R. Silveira Peixoto, 1.297 - Batel 

14h20
Bina Coquet
Local:Vale da Música

16 horas
Hot Club de Piracicaba
Local:Vale da Música

20 horas 
Concerto Oficial
Bina Coquet e Sebastián Abuter
Israel Fogaça Quinteto
Murillo da Rós Trio
Giu Nogueira
Mauro Albert e Marcelo Cigano
Nando Vicêncio
Danilo Vianna 
Winicius Luiz


23:30
Quinteto Jazz Cigano e Hot Club de Piracicaba
Local: Purple Reis
R. Trajano Reis, 277 - São Francisco

Dia 16/2

12h00
Django Jam
Local: Full Jazz Bar 
R. Silveira Peixoto, 1.297 - Batel 

14h10
Israel Fogaça
Local:Vale da Música

19h30
Encerramento do festival
Marcelo Cigano Trio
Local: Don Max
Rua Tenente Max Wolf Filho, 37 - Água Verde

O 1º Festival de Jazz Cigano de Curitiba conta com o apoio do Grand Rayon Hotel, Fogazza Cosméticos, Garagem Instrumentos Musicais, AZS Captações, Batel Grill, Spring, Família Farinha, Riffs, Aliança Francesa, A Empreendedora e Human Design.


Fonte: http://segundocliche.blogspot.com/2020/02/jazz-manouche-invade-curitiba-antes-do.html

Motta

0 comunidades

Nenhum(a)