Ir para o conteúdo

Motta

Voltar a Segundo Clichê
Tela cheia

Projeto Os Filhos dos Caras relança clássico "Velho Camarada"

22 de Setembro de 2018, 9:38 , por segundo clichê - | No one following this article yet.
Visualizado 17 vezes

O projeto de releituras da obra de ídolos de gerações Tim Maia, Jair Rodrigues e Wilson Simonal, interpretadas nas vozes de seus respectivos filhos Léo Maia, Jair Oliveira e Wilson Simoninha, "Os Filhos dos Caras", lança a primeira música de estúdio. Trata-se de versão orquestrada do clássico da soul music brasileira "Velho Camarada", que já chegou às rádios e plataformas de streaming. Outro anúncio inédito dos herdeiros é a gravação do primeiro DVD do projeto.

Partiu de Léo Maia a escolha de "Velho Camarada" como single de estreia. A memória afetiva da família e o sucesso da canção original lançada em 1979 estão entre os argumentos apontados pelo caçula de Tim. “Lembro dessa música tocando em minha casa, quando a gente morava na Gávea. Ela estava em primeiro lugar nas rádios por várias semanas. Desde essa época, eu tenho um carinho pela letra e aprecio uma das parcerias mais consagradas que o meu pai fez na carreira, ao lado de Hyldon, de quem eu gosto muito. É uma canção que lembra meu lar da infância e quis relembrar isso”, comenta.

A fluidez das relações humanas na era digital, ante à convivência interpessoal na época da música original, também influenciou a escolha dos herdeiros. É o que expressa Jair Oliveira: “A letra fala de maneira pertinente sobre a camaradagem entre três amigos, cuja um deles passa por uma desilusão amorosa e os outros tentam animá-lo. Todos nós vivemos em sociedade e precisamos das amizades para superar frustrações. Portanto, trata-se de uma história universal que faz muito sentido hoje em dia, quando as redes sociais acabam transformando as amizades. O mundo acaba sabendo muito mais da vida de seus amigos pelas postagens na internet do que você fica sabendo por eles próprios”, afirma. Ele também acrescenta que “a música fala sutilmente de camaradagem entre amigos e a escolhemos por representar o DNA do nosso projeto e da amizade entre nossos pais”.

"Velho Camarada" é um clássico do soul em que Fábio, Tim e Hyldon assumem a interpretação. “É difícil você ter uma canção em que três homens dividem os vocais”, explica Simoninha, responsável pela produção musical da releitura. A nova versão da música é regida por sete metais e oito cordas da orquestra, além de contar com baixo, piano, percussão, guitarra e teclados em seu arranjo. “Optamos por uma sonoridade mais contemporânea, mas sem deixar de lado o estilo clássico do original. Com isso ganhamos identidade e força”, diz o primogênito de Simonal.

A gravadora da releitura da canção é a S de Samba, de propriedade de Jair Oliveira e Simoninha, e a distribuição digital é da Ditto Music.

DVD

Encontra-se em fase de produção o registro do primeiro DVD de "Os Filhos dos Caras". A cidade escolhida para a gravação é São Paulo em data a ser definida entre janeiro a março de 2019. O repertório do show incluirá clássicos de Tim Maia, Jair Rodrigues e Wilson Simonal. “Consideramos a possibilidade de ter no setlist músicas inéditas ou que tenham sido gravadas, mas nunca lançadas por nossos pais e também queremos contar com a participação de outros filhos de grandes músicos no nosso show”, revela Leo. Além das releituras, o espetáculo também trará os grandes sucessos das carreiras dos herdeiros, como forma de trazer à tona a herança cultural das três famílias, em apresentações solo e em grupo.

História

Desde o fim dos anos 90, Léo Maia, Jair Oliveira e Simoninha já faziam referências às suas origens musicais e influências em turnês e discos. Em 2015, em uma parceria entre empresários e artistas, shows em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília foram realizados em homenagem a grandes personalidades da música popular brasileira, num formato em que filhos tocavam com suas bandas os sucessos dos pais. A partir desse ano, o projeto evoluiu com os filhos tocando com uma banda apenas em turnê por todo o país, para honrar o legado daqueles que ficaram conhecidos como os "Caras" da música brasileira. 

A ideia original do projeto sempre foi perpetuar a música brasileira. São utilizados ainda recursos de vídeo para abertura das apresentações, que são acompanhadas por quinteto formado por teclado, baixo, bateria percussão e guitarra.
Fonte: http://segundocliche.blogspot.com/2018/09/projeto-os-filhos-dos-caras-relanca.html

Motta

0 comunidades

Nenhum(a)