Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Bolsonaro, “O sincero”!

14 de Setembro de 2018, 14:12 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 67 vezes

Reproduzimos, a seguir, um texto de Ângelo Cavalcante, economista e professor da Universidade Estadual de Goiás (UEG).

 

Por Maria Fernanda Arruda – do Rio de Janeiro

“Uga-uga! O epíteto não é casualidade… É que, de verdade, podemos acusar o ‘Bozo’ de qualquer coisa menos de ser insincero. Ele é absolutamente sincero no que pensa, faz, age e procede. E deixou isso bastante claro em quase trinta anos de atividade parlamentar, não por acaso, absolutamente estéril e improdutiva, custeada, é claro, por todo o populacho do Brasil.

Maria Fernanda Arruda escreve para o Correio do BrasilMaria Fernanda Arruda escreve para o Correio do Brasil

Vou tentar ser mais claro! É que quando o ‘Bozo’ diz que ‘quilombola é animal’ ele, de fato, está dizendo que ‘preto’ é mesmo inferior; que é animalizado e que, justo por isso, deve ser pesado em ‘arrobas’; não casualmente, uma medida primitiva de um Portugal mercantil, medieval e que levou a cabo um dos maiores genocídios de todas as histórias ocidentais por infindáveis três séculos nesta terra tropical.

Quando o ‘capitão’ diz ‘não te estupro porque você não merece’ ele está se utilizando de uma categoria que efetivamente, é parte do seu repertório argumentativo; que está intensa e densamente presente em seu sistema de avaliação; que é parte do seu vernáculo cotidiano e diário. O estupro, esse crime absurdo e inominável contra mulheres e crianças, é uma constante no juízo escravocrata e dominante desse indivíduo.

Fascista

De tal sorte que, sempre em situações de confronto, tensão ou diferença tal qual as que se sucederam com a deputada federal Maria do Rosário acontecem, esta infame categoria e possibilidade de mediação é automaticamente acionada pela ‘peça’.

E mais… Quando a gravidez, condição feminina desde quando vivíamos feito girinos, em pântanos e alagadiços a milhões e milhões de anos atrás é entendida por ‘Bozo’ como fator impeditivo para o desenvolvimento econômico, logo e, portanto, ‘mulheres devem ganhar menos’, ele não está brincando! Está dizendo SIM que você, mulher, pelo fato de ser mulher, independente de sua condição intelectual, formativa, produtiva e profissional deve ser sub-remunerada, sub-avaliada e sub-situada nas estruturas de produção e crescimento econômico porque… Você pode engravidar!

Mais sincero… Impossível! Quando o fascista afirma que é preciso postar um ‘berro’ na mão de cada homem ou mulher desse país e que, lembremos, mata mais do que qualquer guerra no mundo, ele está dizendo que é preciso espalhar armas a ‘dar com paus’ para acabar com a violência neste Brasil de sangue, ódios e muitas matanças. É inacreditável!

‘Reaças’

Quando oferece gramas para nordestinos eleitores de Lula ele está, verdadeiramente, oferecendo gramas aos nordestinos e eleitores de Lula. Mesmo os que se formaram em Medicina, Engenharia ou Odontologia e estão, em quebradas, roçados e outas distâncias, prestando servições fundamentais aos mais pobres e necessitados. Não… Bolso não está brincando! Ele disse porque crê; crê porque assim vê e entende; e desta feita, entende, porque é do seu mundo de tortura, opressão e violência contra todos os que lutaram por liberdade, democracia e justiça nesse país.

Sinceridade… É isso! Bolso é o ‘sincero’! Fora disso, é burrice minha, sua e de todo mundo e; como militância e conduta diária e cotidiana de espessa camada adiposa de ‘reaças’ e que, feito ‘âncoras do atraso’ impedem o barco do Brasil de avançar e se espalham na sociedade e nas instituições do país empatando e bloqueando nosso desenvolvimento humano e civilizacional”.

Maria Fernanda Arruda, colunista do Correio do Brasil e escritora.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/bolsonaro-sincero/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias