Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Catalunha pede que moradores de área com surto fiquem em casa

13 de Julho de 2020, 14:30 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 17 vezes

O líder da região espanhola da Catalunha pediu que os moradores de uma área que registrou um aumento de casos de coronavírus fiquem em casa, apesar da decisão de um juiz que descartou um isolamento obrigatório para o distrito de 160 mil pessoas.

Por Redação, com Reuters – de Barcelona

O líder da região espanhola da Catalunha pediu que os moradores de uma área que registrou um aumento de casos de coronavírus fiquem em casa, apesar da decisão de um juiz que descartou um isolamento obrigatório para o distrito de 160 mil pessoas.

Profissional de saúde diante de hospital de campanha em Lleida, na CatalunhaProfissional de saúde diante de hospital de campanha em Lleida, na Catalunha

A Espanha, um dos países europeus mais afetados pelo coronavírus, suspendeu as quarentenas nacionais no mês passado, quando a pandemia parecia ter sido controlada.

Mas dezenas de focos novos fizeram autoridades municipais de toda a nação correrem para adotar novas medidas, seja para isolar áreas pequenas, seja para tornar o uso de máscaras em público obrigatório.

Pessoas das região da cidade catalã de Lleida foram proibidas de deixar a área a partir de 4 de julho por causa de um aumento de casos, exceto para razoes específicas, como ir e voltar do trabalho.

Esta proibição de circulação não será cancelada, mas de domingo para segunda-feira um juiz determinou que uma ação de autoridades regionais para também adotar o confinamento domiciliar foi longe demais e não passou pelos canais certos.

O confinamento obrigatório

Quim Torra, separatista catalão que é o líder do governo regional, disse que não pode aceitar tal decisão e que planeja aprovar um novo decreto para tornar o confinamento obrigatório em Lleida.

– É um luxo perder tempo com resoluções legais. Não podemos permitir isso – disse ele em uma coletiva de imprensa.

Em Lleida, onde as ruas estavam metade vazias e algumas lojas e bares fechados, as pessoas estavam irritadas com a incerteza.

– Eles não sabem o que fazem – disse Anna, uma gerente de bar. “É um passo para frente e um passo para trás… e está prejudicando nossos negócios, 100%”.

Desde que caiu para uma média de 132 em junho, o número de casos de coronavírus diagnosticados todos os dias na Espanha começou a acelerar em julho, chegando a 333 na sexta-feira. Existem mais de 100 focos ativos, muitos deles na Catalunha.

As regiões

As regiões de La Rioja, Navarra, Aragón, Andaluzia e Astúrias planejam tornar o uso obrigatório de máscaras dentro e fora dos ambientes, disseram autoridades, seguindo uma medida semelhante da Catalunha, das Ilhas Baleares e de Extremadura.

No resto do país, máscaras são obrigatórias quando é impossível manter uma distância de ao menos 1,5 metro de outras pessoas. Fontes graduadas do Ministério da Saúde disseram que o governo não tem planos de obrigar seu uso em todo o restante da nação.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/catalunha-moradores-surto-casa/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias