Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Cenário político aponta para disputa entre Lula e Ciro

17 de Setembro de 2021, 16:54 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 17 vezes

Em qualquer dos casos, no entanto, a vitória de Lula parece líquida e certa, embora ainda persistam dúvidas se o líder petista será, ou não, candidato em 2022. Pela pesquisa, no entanto, o ex-presidente permanece firme na liderança da corrida eleitoral para 2022. Lula assegura uma larga vantagem sobre o atual presidente, Jair Bolsonaro.

Por Redação – de São Paulo
lula e ciroCiro tem sido um aliado histórico do PT; ainda que nem sempre alinhado ao programa da legenda

Analistas ouvidos pela reportagem do Correio do Brasil, nesta sexta-feira, após a divulgação da pesquisa DataFolha sobre as eleições do ano que vem, passaram a indicar como provável a disputa entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidenciável do PDT, Ciro Gomes. A curva de queda do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a lenta, mas constante melhoria nos índices do ex-governador cearense, para os mais de 3,5 mil eleitores ouvidos no estudo, sinalizam para um quadro ainda mais indefinido, na campanha eleitoral.

Em qualquer dos casos, no entanto, a vitória de Lula parece líquida e certa, embora ainda persistam dúvidas se o líder petista será, ou não, candidato no ano que vem. Pela pesquisa, no entanto, o ex-presidente permanece firme na liderança da corrida eleitoral para 2022. Lula assegura uma larga vantagem sobre o atual presidente, Jair Bolsonaro e, se a eleição fosse hoje, no segundo turno Lula teria 56% contra 31% de Bolsonaro.

Segundo o instituto, “os candidatos dos pelotões inferiores também seguem onde estavam. A introdução de novos nomes candidatos à terceira via contra o atual e o ex-presidente e o agravamento da crise política, que culminou nos atos de cunho golpista de Bolsonaro no 7 de Setembro, também não alteraram o quadro”.

Simulação

Embora a distância para o dia da eleição, em 4 de outubro do ano que vem, ainda não permita uma visualização mais clara do horizonte político, há uma certa estabilidade tanto no crescimento de Lula quanto no declínio de Bolsonaro. O Datafolha, em quatro simulações de primeiro turno, duas delas comparáveis com levantamentos anteriores, e duas novas, mostram cerca estabilidade em relação à rodada anterior, de julho.

Lula varia, no limite da margem de erro, de 46% para 44% e Bolsonaro, de 25% para 26%, na hipótese de o candidato tucano ser João Doria (SP), que passa de 5% para 4%. No mesmo cenário, Ciro Gomes (PDT) permanece em terceiro passando de 8% para 9%. O petista cai de 46% para 42% e Bolsonaro se mantém estável em 25%, na simulação em que o nome do PSDB é Eduardo Leite (RS) — que oscila de 3% para 4%. A mudança no quadro com o gaúcho é que Ciro Gomes (PDT) salta de 9% para 12%.

Margem de erro

Em qualquer das circunstâncias, no entanto, o surgimento de uma terceira via na disputa parece mais distante, principalmente depois dos atos golpistas promovidos contra Bolsonaro, no último domingo. Na capital paulista, reuniu alguns dos possíveis candidatos ao Planalto, mas o número de presentes aos atos públicos foram decepcionantes.

Todas as hipóteses levantadas também mostram cerca de 10% de votos brancos, nulos ou em nenhum dos indicados. A pesquisa foi feita dos dias 13 a 15 de setembro, com 3.667 eleitores de forma presencial em 190 cidades. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/cenario-politico-aponta-disputa-entre-lula-ciro/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias