Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Criminosos sabotam rede de Internet em Itaboraí

20 de Junho de 2024, 14:22 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 41 vezes

A imposição do serviço por parte dos criminosos tem causado grande revolta entre os moradores, que se sentem reféns da situação. Muitos relatam a dificuldade em lidar com a ausência de Internet, especialmente para o trabalho remoto e os estudos das crianças.

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro

Moradores de diversos bairros de Itaboraí, na Região Leste Fluminense do Rio de Janeiro, denunciam que foram obrigados a contratar um serviço de internet supostamente ligado ao tráfico de drogas. Relatos indicam que provedores independentes foram expulsos da área, forçando a população a aderir ao serviço oferecido por criminosos do Comando Vermelho.


Nova empresa estaria sabotado sistematicamente a infraestrutura das empresas concorrentes

Nas últimas semanas, um novo provedor de Internet, instalou-se em alguns bairros. Segundo informações de moradores, esse provedor está vinculado ao tráfico local, e os bandidos têm sabotado sistematicamente a infraestrutura das empresas concorrentes, deixando centenas de residências sem acesso à internet.

– Derrubaram tudo. Todas as ruas de uma vez só. As empresas não podem vir mais aqui para consertar a rede. Quem cortou era o provedor. Eles chegaram com escadas grandes com 18 degraus. Os caras sabiam o que estavam fazendo – comentou um morador.

Revolta entre os moradores

A imposição do serviço por parte dos criminosos tem causado grande revolta entre os moradores, que se sentem reféns da situação. Muitos relatam a dificuldade em lidar com a ausência de Internet, especialmente para o trabalho remoto e os estudos das crianças.

A 71ª DP (Itaboraí) informou que está ciente das denúncias e que já iniciou investigações para identificar e prender os responsáveis.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/criminosos-sabotam-rede-internet-itaborai/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias