Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Desgastado, Temer é ignorado na ONU e dispensado de jantar com Trump

25 de Setembro de 2018, 13:23 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 128 vezes

O emedebista ainda amargava o fato de ser ignorado por seus pares. Na noite passada, foi solenemente dispensado de um jantar oferecido pela Casa Branca.

 

Por Redação, com agências internacionais – de Nova York, NY-EUA

A representação do Brasil, hoje, é apenas um eco dos aplausos de consagraram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após seu discurso na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas. Presidente de facto, empossado após o golpe de Estado, em curso, Michel Temer (MDB) proferiu um lamentável discurso de despedida. No encerramento, apenas as manifestações pro forma dos diplomatas presentes.

Temer falou, pela última vez, na qualidade de representante do Brasil na Assembleia Geral da ONUTemer falou, pela última vez, na qualidade de representante do Brasil na Assembleia Geral da ONU

O emedebista, de semblante abatido, ainda amargava o fato de ser ignorado por seus pares e, na noite passada, ter sido solenemente dispensado de um jantar oferecido pela Casa Branca a um seleto grupo de chefes de Estado, a convite do presidente norte-americano, Donald Trump. O republicano demonstrou, sem qualquer constrangimento, a intenção de manter distância do presidente mais impopular na história brasileira. Temer deixa o cargo com taxa de desaprovação perto dos 80%.

Dispensado

Ao contrário do que disse em seu discurso, nesta manhã, ao afirmar que o país venceu “a pior recessão de nossa História”, o golpe de Estado que o levou ao poder causou uma recessão aguda e causou o aumento da crise social aos atuais 14 milhões de desempregados. Até o mais inexperiente economista presente conhece o fato de sua gestão haver empurrado o Brasil para o risco e o descrédito.

Quanto à ausência no jantar de gala, o Itamaraty não conseguiu explicar o fato de Temer, simplesmente, não ter sido convidado pela diplomacia norte-americana. Em nota, nesta manhã, limitou-se a afirmar não estava previsto “jantar com o Trump.” A recepção foi realizada no Lotte New York Palace Hotel, perto do Rockfeller Center, em Nova York. Trump e a primeira-dama, Melania, receberam chefes de Estado e de governo no local. Entre os convidados presentes, no entanto, estava o presidente argentino Maurício Macri.

Plateia contida

A poucos dias do primeiro turno das eleições, o presidente Michel Temer usou seu discurso na abertura da Assembleia-Geral da ONU para defender seu governo e afirmar que a democracia no Brasil é vibrante e sólida. Não citou uma palavra, sequer, sobre o risco de o país mergulhar em um período obscuro, no caso de uma vitória do candidato neofascista Jair Bolsonaro (PFL),

— A alternância no poder é da alma mesma da democracia. E a nossa, senhoras e senhores, é uma democracia vibrante, lastreada em instituições sólidas — disse Temer na Organização das Nações Unidas.

A plateia se conteve.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/desgastado-temer-ignorado-onu-dispensado-jantar-trump/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias