Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Em dia de queda, touro da B3 é removido e investidor paga multa

24 de Novembro de 2021, 16:20 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 25 vezes

Em linha com o ambiente negativo, ainda nesta madrugada, a B3 precisou remover a escultura ‘Touro de Ouro’ da frente de seu prédio, na região central de São Paulo. A obra, de gosto duvidoso, foi considerada irregular pela Comissão de Proteção à Paisagem Urbana (CPPU).

Por Redação – de São Paulo

Em dia de queda na B3, a Bolsa de Valores brasileira, nesta quarta-feira, às vésperas do feriadão de Ação de Graças nos EUA, a liquidez dos mercados locais inicia o declínio esperado. Às 14h48, o Ibovespa subia 0,78%, aos 104.446 pontos, enquanto o dólar à vista operava instável, em leve queda 0,24%, a R$ 5,6041.

Touro de ouro da B3O Touro de ouro da B3 foi removido do Centro de São Paulo, durante a madrugada

Em linha com o ambiente negativo, ainda nesta madrugada, a B3 precisou remover a escultura ‘Touro de Ouro’ da frente de seu prédio, na região central de São Paulo. A obra, de gosto duvidoso, foi considerada irregular pela Comissão de Proteção à Paisagem Urbana (CPPU) da Secretaria Municipal de Urbanismo. A instância do Poder Público considerou a estátua publicidade irregular, sem licença urbanística e passível de multa a ser definida pela Subprefeitura da Sé.

Vídeos da retirada do touro foram publicados por Pablo Spyer, sócio da XP e presidente da empresa de educação financeira Vai Tourinho, idealizador da estátua.​ A CPPU, que decide sobre intervenções na paisagem urbana que possam interferir na Lei Cidade Limpa, avaliou que a estátua se trata de uma peça publicitária por estar associada a Spyer, também conhecido por apresentar o programa Minuto Touro de Ouro, em uma rádio paulista de ultradireita.

Wall Street

Outros integrantes do conselho destacaram, porém, que a obra atraiu público para a região central, beneficiando o comércio, que havia sido muito prejudicado devido às restrições criadas pelo enfrentamento à pandemia de Covid-19.

O debate dividiu a comissão, com cinco representantes votando pela retirada do touro, e quatro integrantes se posicionando a favor da permanência.

A B3 inaugurou na última terça-feira a escultura que faz alusão à estátua do Touro de Wall Street, uma homenagem ao capitalismo norte-americano, em Nova York. A Charging Bull —conforme destaca o próprio processo de solicitação para a realização da intervenção, segundo informou a CPPU na reunião desta terça-feira, foi rejeitada.

O autor da obra instalada no centro paulistano, o arquiteto Rafael Brancatelli, afirma, porém, que a sua obra não copia a Charging Bull, que significa touro em investida ou touro que ataca. ​


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/dia-queda-touro-b3-removido-investidor-paga-multa/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias