Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Encontro de líderes e governadores sobre meio ambiente isola Bolsonaro

28 de Outubro de 2020, 15:42 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 17 vezes

Os chefes estaduais do Executivo, personalidades ligadas à preservação ecológica, parlamentares e diplomatas presentes se comprometeram em assinar uma carta-compromisso para combater e se adaptar à mudança do clima, o que vai de encontro ao discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sequer convidado para o encontro.

Por Redação – do Rio de Janeiro

No encontro marcado para esta quinta-feira, com sede no Rio mas integrado digitalmente, que já confirmou a presença de ao menos metade dos governadores do país, a discussão do acordo entre o Mercosul e a União Europeia (UE) passa pela questão ambiental. A reunião, em torno de uma agenda climática, deverá formar o “Conselho de Governadores pelo Clima” e pesar na decisão da UE de prorrogar a assinatura do Tratado, segundo apurou a reportagem do Correio do Brasil.

Governador do Maranhão, o ex-desembargador Flavio Dino (PCdoB) assina manifesto que pede a remoção do presidente Bolsonaro (sem partido)Governador do Maranhão, o ex-desembargador Flavio Dino (PCdoB) assina carta-compromisso que exclui o presidente Bolsonaro (sem partido)

Os chefes estaduais do Executivo, personalidades ligadas à preservação ecológica, parlamentares e diplomatas presentes se comprometeram em assinar uma carta-compromisso para combater e se adaptar à mudança do clima, o que vai de encontro ao discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sequer convidado para o encontro.

O Conselho colocará os governadores na liderança das ações para a governança climática sustentável, em pontos estratégicos do país. A ideia é avançar na integração de políticas subnacionais para o cumprimento das metas do Acordo de Paris e o fortalecimento de eixos econômicos sustentáveis.

Transição

A carta-compromisso, por sua vez, sublinha a importância dos governos estaduais no esforço para evitar que o aquecimento da Terra fique acima dos 2°C; além de acelerar a transição para uma economia limpa e inclusiva.

Organizada pelo Centro Brasil no Clima (CBC), um centro de estudos com sede na capital fluminense que teve como um dos fundadores o ex-deputado Alfredo Sirkis (Verde-RJ), entre os principais líderes do movimento ambientalista no Brasil, morto em um acidente automobilístico em julho último, a reunião será aberta pelo cantor e compositor Gilberto Gil.

Confirmaram presença, até o início da tarde desta quarta-feira, os governadores Waldez Góes (Amapá), Renato Casagrande (Espírito Santo), Flavio Dino (Maranhão), Helder Barbalho (Pará), Paulo Câmara (Pernambuco), Wellington Dias (Piauí), João Doria (São Paulo) e o vice-governador Wanderlei Barbosa Castro (Tocantins). Outros nomes ainda confirmarão presença, segundo os organizadores.

Inclusão

Participam, ainda, Ignacio Ybañez Rubio, embaixador da União Europeia no Brasil, Yvon Slingenberg, diretora de Ação Climática da Comissão Europeia, e Jerry Brown, ex-governador da Califórnia, além de Israel Klabin, membro-fundador do CBC. No encontro digital, com tradução simultânea, serão apresentadas iniciativas realizadas em Estados norte-americanos, argentinos e europeus.

Os participantes também desejam estruturar canais de intercâmbio internacional entre os governadores brasileiros e seus pares na Europa e nos EUA, outros países, com a inclusão da sociedade civil e entidades subnacionais.

— Durante o encontro, teremos a oportunidade de refletir como a experiência europeia pode nos inspirar sobre a implantação de abordagens transversais para enfrentar as mudanças climáticas, discutir os desafios e oportunidades que as iniciativas implantadas em outros países apresentam e debater como os governadores e a sociedade podem estabelecer um diálogo mutuamente benéfico para a prevenção e adaptação aos impactos climáticos — disse a jornalistas o diretor-executivo do CBC, Guilherme Syrkis, filho do ex-parlamentar. 

O Encontro tem o horário previsto das 14 horas, com duração prevista de duas horas.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/encontro-lideres-governadores-meio-ambiente-isola-bolsonaro/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias