Go to the content

Correio do Brasil

Go back to CdB
Full screen Suggest an article

EUA ordenam que funcionários do governo se retirem do Iraque

May 15, 2019 13:35 , by Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Viewed 12 times

O Departamento de Estados norte-americano pediu que os funcionários fossem retirados da embaixada norte-americana em Bagdá e do consulado em Erbil, informou a embaixada em um comunicado.

Por Redação, com Reuters – de Bagdá 

Os Estados Unidos ordenaram que funcionários não emergenciais do governo se retirassem do Iraque nesta quarta-feira, após repetidas manifestações de preocupação de Washington sobre ameaças feitas por forças apoiadas pelo Irã.

Placa comemorativa na embaixa dos EUA no Iraque

O Departamento de Estados norte-americano pediu que os funcionários fossem retirados da embaixada norte-americana em Bagdá e do consulado em Erbil, informou a embaixada em um comunicado.

– Os serviços regulares de visto em ambos os postos serão temporariamente suspensos – afirmou o comunicado, que recomendou que a saída ocorresse o mais rápido possível. O número de funcionários impactados não estava claro.

Na terça-feira, as Forças Armadas dos EUA reafirmaram suas preocupações sobre possíveis ameaças iminentes feitas pelo Irã para as tropas norte-americanas no Iraque, embora um comandante sênior britânico tenha levantado dúvidas sobre o episódio e Teerã tenha chamado o ocorrido de “guerra psicológica”.

O governo do presidente dos EUA, Donald Trump, aumentou a pressão sobre o Irã ao acabar com a isenção de sanções para alguns países comprarem petróleo iraniano, como parte dos esforços para minar o poder regional crescente da República Islâmica.

O primeiro-ministro iraquiano, Adel Abdul Mahdi, disse na terça-feira que, a partir de conversas com os Estados Unidos e o Irã, estava recebendo indícios de que “as coisas terminariam bem”, apesar da retórica.

Washington enviou forças militares para o Oriente Médio, incluindo um porta-aviões, bombardeiros B-52 e mísseis Patriot, em uma demonstração de forças contra o que autoridades norte-americanas julgaram ser uma ameaça a suas tropas e seus interesses na região.

Um comandante sênior das Guardas Revolucionárias do Irã disse que o Teerã faria retaliações quaisquer movimentos agressivos dos Estados Unidos.

Um porta-voz do Departamento de Estado dos EUA disse que a decisão de retirar funcionários não emergenciais foi baseada em uma avaliação de segurança, mas não deu detalhes sobre quantas pessoas seriam impactadas pela medida.

– Garantir a segurança das equipes do governo dos EUA e dos cidadãos é nossa maior prioridade e estamos confiantes em relação (à capacidade) dos serviços de segurança do Iraque para nos proteger – disse.

– Mas essa ameaça é séria e queremos reduzir o risco de danos.


Source: https://www.correiodobrasil.com.br/eua-ordenam-funcionarios-governo-retirem-iraque/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias