Go to the content

Correio do Brasil

Go back to CdB
Full screen Suggest an article

Goleira da Tailândia agradece apoio de atacante dos EUA

Giugno 13, 2019 12:43 , by Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Viewed 35 times

Campeã mundial, a seleção dos EUA foi implacável com o time asiático em seu jogo inaugural do Grupo F do Mundial da França em Reims, e Carli fez o último gol já nos acréscimos.

Por Redação, com Reuters – de Paris

A goleira da seleção da Tailândia, Sukanya Chor Charoenying, viveu uma noite humilhante em que sofreu 13 gols dos Estados Unidos na Copa do Mundo de Futebol Feminino na terça-feira, mas louvou a atacante norte-americana Carli Lloyd por lhe dizer palavras de incentivo após a derrota.

Goleira da Tailândia, Sukanya Charoenying, e atacante dos EUA, Carli Lloyd

Campeã mundial, a seleção dos EUA foi implacável com o time asiático em seu jogo inaugural do Grupo F do Mundial da França em Reims, e Carli fez o último gol já nos acréscimos.

Mas Sukanya escreveu uma mensagem de agradecimento à rival de 36 anos no Twitter ao lado de uma foto das duas se abraçando após o apito final no estádio Auguste-Delaune.

– Muito obrigada, Lloyd. As palavras que você me disse me fortalecem. Continue com tudo neste torneio. Primeiramente me senti decepcionada na pior situação, mas esta é a maior experiência da minha vida – disse Sukanya nesta quinta-feira.

A Tailândia faz sua segunda participação sucessiva na Copa do Mundo, mas não conseguiu passar da fase de grupos no Canadá em 2015.

Carli respondeu a Sukanya com uma mensagem de esperança para o resto do torneio.

– Tudo que você pode fazer é dar o melhor de si todos os dias. Continue lutando e nunca desista!! Ainda há mais 2 jogos para disputar – disse.

Será difícil as tailandesas reagirem, tendo em conta que sua próxima oponente é a Suécia, medalhista de prata na Olimpíada de 2016, no domingo. Os EUA enfrentam o Chile mais tarde no mesmo dia.

França bate Noruega e fica perto das oitavas

A França deu um grande passo em direção às oitavas de final da Copa do Mundo feminina na quarta-feira, após um gol de pênalti de Eugenie Le Sommer garantir às anfitriãs do torneio uma vitória por 2 a 1 sobre a Noruega.

Le Sommer converteu a penalidade depois de Valerie Gauvin abrir o placar para as francesas no início do segundo tempo e um gol contra de Wendie Renard ter igualado o marcador.

A vitória coloca a equipe de Corinne Diacre na liderança do grupo A, com seis pontos em seis possíveis.

A Noruega, campeã mundial em 1995, está em segundo com três pontos, à frente da Nigéria apenas pelo saldo de gols, depois de as campeãs africanas terem vencido por 2 a 0 a Coreia do Sul, lanterna da chave, que não somou pontos.

Na última rodada da primeira fase, a Noruega enfrenta a Coreia do Sul, enquanto a França precisa somente de um empate contra a Nigéria para avançar em primeiro lugar no grupo.

Alemanha vence Espanha

Sara Daebritz marcou o único gol do jogo e a Alemanha venceu a Espanha por 1 a 0 pelo Grupo B da Copa do Mundo feminina, garantindo sua classificação para a próxima fase do torneio.

As bicampeãs, que bateram a China na estreia, agora somam seis pontos, com a Espanha em segundo lugar na chave com três pontos. China e África do Sul, que se enfrentam na quinta-feira, ainda não pontuaram.

No jogo de quarta-feira, a Espanha teve mais posse de bola, mas a Alemanha foi mais perigosa, apesar de não contar com a defensora Dzsenifer Marozsan, machucada.

O gol da vitória foi marcado por Daebritz aos 42 minutos do primeiro tempo, com uma finalização no rebote para ampliar a sequência de invencibilidade da Alemanha para 14 jogos, a maior entre todas as seleções que disputam o torneio na França.

Entre os destaques da partida, está a entrada da jovem alemã Klara Buehl, de 18 anos, no intervalo, o que imediatamente deu mais ritmo de ataque à Alemanha, enquanto as espanholas se retraíam cada vez mais.

Na próxima rodada, última da primeira fase, a Alemanha enfrenta a África do Sul, enquanto a Espanha duela contra a China.


Source: https://www.correiodobrasil.com.br/goleira-tailandia-agradece-apoio-atacante-eua/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias