Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Governador do Tocantins é alvo de operação da Polícia Federal

20 de Outubro de 2021, 11:18 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 49 vezes

Mandados de busca e apreensão são cumpridos na casa do governador Mauro Carlesse (PSL) e na sede do governo. Além do governador, o secretário de Segurança Pública também é um dos alvos das operações.

Por Redação, com Sputnik – de Brasília

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse (PSL), é alvo de operação da Polícia Federal (PF) nesta quarta-feira para desarticular uma organização criminosa que supostamente tentou impedir ou obstruir investigações sobre atos ilícitos relacionados à cúpula do governo, informa o portal R7.

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse (PSL)

Mandados de busca e apreensão são cumpridos na casa do governador Mauro Carlesse (PSL) e na sede do governo. Além do governador, o secretário de Segurança Pública também é um dos alvos das operações.

As operações Éris e Hygea foram determinadas pelo ministro Mauro Campbell, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Também nesta quarta-feira, o ministro determinou o afastamento de Carlesse do cargo por seis meses.

Medidas cautelares

Cerca de 280 policiais federais cumpriram 57 mandados de busca e apreensão em diversos endereços, entre eles a residência do governador e o Palácio Araguaia, sede do governo do Estado. A PF informou que cumpre também 50 medidas cautelares, como a suspensão do exercício das funções públicas, expedidas pelo STJ em Palmas, Gurupi, Porto Nacional, no Tocantins; Minaçu e Goiânia, em Goiás; Brasília e São Paulo.

De acordo com o STJ, as investigações foram iniciadas há quase dois anos e reúnem um vasto conjunto de elementos para demonstrar um complexo aparelhamento da estrutura estatal para a continuidade de diversos esquemas criminosos comandados pelo governador, o secretário de Segurança Pública do Tocantins, Cristiano Barbosa Sampaio, e outros investigados.

“Além da obtenção de novas provas, as operações buscam interromper a continuidade das ações criminosas, identificar e recuperar ativos frutos dos desvios, resguardar a aplicação da lei penal, a segurança de testemunhas e a retomada das Instituições Públicas”, disse o STJ, em nota reproduzida pelo portal da CNN Brasil.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/governador-tocantins-alvo-operacao-policia-federal/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias