Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Justiça eleitoral multa Lula e Boulos por fazer campanha antecipada

21 de Junho de 2024, 18:22 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 30 vezes

Em um ato esvaziado no Dia do Trabalhador, promovido por centrais sindicais na zona leste da capital, Lula disse que as eleições paulistanas seriam uma “verdadeira guerra” e pediu explicitamente para que seus eleitores votem no deputado, em desacordo com o que estabelece a legislação eleitoral.

11h01 – de São Paulo

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e o pré-candidato do PSOL a prefeito da capital paulista, Guilherme Boulos, foram condenados ao pagamento de multas por propaganda eleitoral antecipada. O petista pediu votos para o deputado na corrida para a Prefeitura de São Paulo durante ato do 1º de Maio.

Lula, BoulosLula apresenta Boulos (PSOL-SP) como seu candidato à prefeitura paulistana

O juiz eleitoral Paulo Sorci, da Segunda Zona Eleitoral de São Paulo, determinou nesta sexta-feira que Lula pague R$ 20 mil de multa. Para Boulos, o valor imposto é de R$ 15 mil. Ainda cabe recurso, mas advogados ligados ao caso ainda avaliam se levam adiante o processo, segundo apurou a reportagem do Correio do Brasil.

A decisão atende a pedido do diretório municipal do Novo, que tem Marina Helena como pré-candidata a prefeita. Procurada, a pré-campanha de Boulos ainda não se manifestou.

Propaganda

Em um ato esvaziado no Dia do Trabalhador, promovido por centrais sindicais na zona leste da capital, Lula disse que as eleições paulistanas seriam uma “verdadeira guerra” e pediu explicitamente para que seus eleitores votem no deputado, em desacordo com o que estabelece a legislação eleitoral.

— Ninguém derrotará esse moço aqui se vocês votarem no Boulos para prefeito de São Paulo nas próximas eleições. Vou fazer um apelo: cada pessoa que votou no Lula em 89, em 94, em 98, em 2006, em 2010, em 2018… 2022, tem que votar no Boulos para prefeito de São Paulo — disse o petista.

A propaganda eleitoral será permitida somente após o dia 16 de agosto, quando as candidaturas já estiverem registradas na Justiça Eleitoral. A lei estabelece pena de R$ 5.000 a R$ 25 mil para propaganda realizada antes do prazo regulamentar.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/justica-eleitoral-multa-lula-boulos-fazer-campanha-antecipada/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias