Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Manifestantes derrubam estátua de Colombo e a jogam no fundo do rio

5 de Julho de 2020, 17:32 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 15 vezes

Nas gravações feitas no local se podem observar centenas de pessoas juntas. A estátua aparece amarrada por um cabo e, no instante seguinte, o monumento é puxado pelos manifestantes e acaba caindo no chão, acompanhado de gritos e aplausos.

Por Redação, com Reuters – de Baltimore, Maryland-MA

Uma estátua de Cristóvão Colombo, localizada perto do bairro Little Italy na cidade de Baltimore, foi derrubada por manifestantes na noite deste sábado, em que se celebrou o Dia da Independência dos EUA. Os manifestantes arrastaram o ícone da história norte-americana e o atiraram no fundo do Rio Patapsco, que corta a cidade.

Momento em que a estátua de Cristóvão Colombo é laçada, pelo pescoço, e derrubada, em BaltimoreMomento em que a estátua de Cristóvão Colombo é laçada, pelo pescoço, e derrubada, em Baltimore

Nas gravações feitas no local se podem observar centenas de pessoas juntas. A estátua aparece amarrada por um cabo e, no instante seguinte, o monumento é puxado pelos manifestantes e acaba caindo no chão, acompanhado de gritos e aplausos.

Outras estátuas

O gabinete do prefeito Bernard Young, citado pelo jornal Baltimore Sun, explicou que a remoção faz parte de “uma reconsideração nacional e mundial relativamente a alguns monumentos e estátuas que podem representar coisas diferentes para diferentes pessoas”.

O monumento a Colombo, inaugurado em 1984 e um dos três que havia em Baltimore, é a mais recente estátua a ser derrubada nos EUA com o surgimento dos protestos contra o racismo, o legado da escravidão e a violência policial. Segundo a mídia do país, outras estátuas de Colombo também foram derrubadas ou danificadas em Miami, Richmond, St. Paul e Boston.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/manifestantes-derrubam-estatua-colombo-jogam-fundo-rio/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias