Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Nyse é escolhida para IPOs de Uber e Pinterest

22 de Março de 2019, 13:31 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 68 vezes

A NYSE tornou-se a opção principal em vez da Nasdaq para grandes empresas de tecnologia nos últimos anos, depois que a Nasdaq prejudicou o IPO do Facebook com enormes erros tecnológicos.

Por Redação, com Reuters – de Nova York

Uber e Pinterest, duas das empresas de Internet de maior destaque que planejam abrir capital neste ano, escolheram a Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) como base para listagem de ações, segundo fontes familiarizadas com o assunto.

Uber e Pinterest, duas das empresas de Internet de maior destaque

As empresas e a NYSE se recusaram a comentar.

A NYSE tornou-se a opção principal em vez da Nasdaq para grandes empresas de tecnologia nos últimos anos, depois que a Nasdaq prejudicou o IPO do Facebook com enormes erros tecnológicos.

As bolsas competem ferozmente por taxas de listagem e, assim como os bancos de investimento, muitas vezes começam a conversar com grandes empresas muito antes de estarem prontas para listar.

A Nasdaq conseguiu o IPO da Lyft, que pode atingir ou ultrapassar US$ 23 bilhões, quando a empresa listar suas ações em 28 de março. A Lyft será a primeira de uma série de listagens muito aguardadas que vão agitar o mercado dos IPOs após um começo de ano tranquilo.

A Uber, uma empresa global de logística e transporte avaliada em US$ 76 bilhões no mercado privado, está buscando uma avaliação de até US$ 120 bilhões, embora alguns analistas tenham avaliado seu valor próximo a US$ 100 bilhões com base em dados financeiros selecionados.

O Pinterest, dono do site de busca de imagens conhecido por alimentos e fotos de moda, foi avaliado em US$ 12 bilhões em sua última rodada de captação de recursos em 2017. A empresa cresceu rapidamente desde sua fundação em 2008, com 250 milhões de usuários ativos por mês no último mês de setembro.

Facebook

O Facebook informou na quinta-feira que solucionou uma falha que expôs senhas de milhões de usuários armazenadas em formato legível dentro de seus sistemas internos a seus funcionários.

O Facebook informou na quinta-feira que solucionou uma falha que expôs senhas de milhões de usuários

As senhas ficaram acessíveis a 20 mil funcionários do Facebook e datavam de 2012, segundo o blog KrebsOnSecurity, que reportou o problema pela primeira vez.

– Essas senhas nunca foram visíveis para ninguém fora do Facebook e não encontramos nenhuma evidência até o momento de que internamente alguém tenha abusado ou acessado indevidamente – disse a empresa.

O KrebsOnSecurity, citando um funcionário sênior do Facebook, disse que uma investigação interna da empresa até agora indica que entre 200 milhões e 600 milhões de usuários da plataforma de rede social podem ter tido suas senhas de contas armazenadas em texto simples.

O Facebook disse que o problema foi descoberto em janeiro como parte de uma revisão de segurança de rotina. A maioria dos afetados eram usuários do Facebook Lite, uma versão do aplicativo de mídia social usada em grande parte por pessoas em regiões com menor conectividade.

– Estimamos que teremos que notificar centenas de milhões de usuários do Facebook Lite, dezenas de milhões de outros usuários do Facebook e dezenas de milhares de usuários do Instagram – disse a empresa.

Comcast lançará serviço de streaming de vídeo

A Comcast disse na quinta-feira que vai lançar um novo serviço de streaming de vídeo de Internet chamado Xfinity Flex, à medida que a operadora de TV à cabo dos EUA procura atingir telespectadores que preferem assistir a conteúdos online em vez dos pacotes de TV à cabo mais caros.

O Xfinity Flex estará disponível a partir de 26 de março apenas para os clientes de internet da Comcast e custará US$ 5  por mês.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/nyse-escolhida-ipos-uber-pinterest/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias