Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Pandemia custará ao futebol US$ 14 bilhões neste ano, diz Fifa

16 de Setembro de 2020, 12:44 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 16 vezes

A pandemia de covid-19 deve custar aos clubes de futebol US$ 14 bilhões em todo o mundo, cerca de um terço de seu valor estimado, disse nesta quarta-feira um importante dirigente da Fifa.

Por Redação, com Reuters – de Berna/Londres

A pandemia de covid-19 deve custar aos clubes de futebol US$ 14 bilhões em todo o mundo, cerca de um terço de seu valor estimado, disse nesta quarta-feira um importante dirigente da Fifa.

Coronavírus esvazia arquibancadas de estádio sul-coreano em JeonjuCoronavírus esvazia arquibancadas de estádio sul-coreano em Jeonju

Olli Rehn, que chefia o comitê da Fifa criado para lidar com os efeitos da pandemia, afirmou que a Fifa, juntamente com consultores financeiros, estimou o valor do futebol de clubes entre US$ 40 bilhões e US$ 45 bilhões em todo o mundo.

Segundo ele, a cifra de US$ 14 bilhões foi baseada no cenário atual, em que o futebol está sendo retomado lentamente após um hiato de três meses, mas será um “jogo diferente” se a pandemia não diminuir.

– O futebol foi duramente atingido pela pandemia de coronavírus – disse Rehn, ex-comissário da União Europeia e agora governador do Banco da Finlândia, à Reuters television.

Muita turbulência

– Isso criou muita turbulência em diferentes níveis, com alguns clubes profissionais enfrentando sérias dificuldades. Também estou muito preocupado com as academias de juniores e as divisões de base.

Rehn afirmou que o futebol na América do Sul foi especialmente atingido, enquanto a África e a Ásia também são motivo de preocupação.

A Fifa alocou US$ 1,5 bilhão para ajudar a combater os efeitos da pandemia e Rehn disse que 150 das 211 associações solicitaram recursos até agora.

Mourinho é cauteloso

O técnico do Tottenham Hotspur, José Mourinho, se recusou a confirmar nesta quarta-feira se o clube do norte de Londres está em negociações para recontratar Gareth Bale, do Real Madrid, mas disse que tentou contratá-lo quando ele ainda era jogador do Tottenham.

O agente de Bale disse na terça-feira que ambos os clubes e representantes do galês estavam discutindo um possível acordo que levaria o jogador de 31 anos de volta à Premier League após sete anos no time espanhol.

Mourinho afirmou que tentou contratar Bale quando estava no comando do Real Madrid, de 2010 a 2013. O meia-atacante do País de Gales também foi especulado no Manchester United quando Mourinho estava em Old Trafford.

– Gareth Bale é um jogador do Real Madrid e eu não falo sobre jogadores de outros clubes – disse Mourinho a repórteres antes do jogo de quinta-feira pelas eliminatórias da Liga Europa contra o Lokomotiv Plovdiv, da Bulgária.

– Não é meu trabalho ter contato com agentes e não quero comentar. Não comento coisas hipotéticas.

– Tentei contratá-lo durante a minha passagem pelo Real Madrid e o presidente seguiu o meu instinto e conhecimento e, na temporada que eu saí, ele trouxe Gareth para o clube. Isso não é segredo e Gareth sabe disso.

Bale disse no início deste mês que estaria aberto a uma transferência para a Premier League se o Real Madrid concordasse.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/pandemia-custara-futebol-fifa/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias