Перейти к контенту

Correio do Brasil

Назад в CdB
Full screen Suggest an article

Papa Francisco ora pelas almas dos mais de 200 católicos mortos no Sri Lanka

апреля 21, 2019 14:27 , by Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Viewed one time

O papa também fez um apelo para o fim da violência na Líbia, na Síria e no Iêmen, países que atualmente enfrentam guerras internas e confrontos.

 

Por Redação, com Ansa – de Roma

 

O papa Francisco presidiu, neste domingo, a missa de Páscoa, a mais importante do ano para os cristãos, na Praça São Pedro, no Vaticano. O líder religioso enviou uma mensagem especial ao povo do Sri Lanka, local do massacre de mais de 200 católicos, neste domingo de Páscoa.

O papa Francisco pediu pela paz no mundo, em especial no Oriente Médio, e orou pelas vítimas de atentados no Sri LankaO papa Francisco pediu pela paz no mundo, em especial no Oriente Médio, e orou pelas vítimas de atentados no Sri Lanka

O líder católico também proferiu a tradicional mensagem “Urbi et Orbi” (“À cidade de Roma e ao mundo”, na tradução do latim), na qual orou pelo fim das guerras no mundo, pela paz no Oriente Médio e na África, pela “construção de pontes, e não muros”, pelo fim das corridas armamentistas e pela caridade aos sem-teto e imigrantes.

Oriente Médio

O papa fez um apelo para o fim da violência na Líbia, na Síria e no Iêmen, países que atualmente enfrentam guerras internas e confrontos.

— Que Deus seja esperança para o amado povo sírio, vítima de um conflito que perdura. Uma oração particular à população do Iêmen, especialmente às crianças, atingidas pela fome e pela guerra. Que as armas também parem de ensanguentar a Líbia — afirmou Francisco.

Na mensagem, o Papa também pediu novamente paz no Oriente Médio, continente que ele definiu como “dilacerado por divisões e tensões”.

— Que a luz da Páscoa ilumine todos os governantes e os povos do Oriente Médio, começando pelos israelenses e palestinos — comentou.

Pontes

Francisco também externou o seu “desejo de reconciliação” no Sudão do Sul, em Burkina Faso, Mali, Níger, Nigéria e Camarões.

— Meus pensamentos vão também ao Sudão do Sul, que está atravessando um momento de incerteza política e onde desejo que todas as instâncias possam encontrar voz, e que alguém possa consentir que o país encontre a liberdade, o desenvolvimento e o bem-estar que tanto aspira há um longo tempo — ressaltou.

Francisco ainda fez um apelo geral para a construção de “pontes”, e “não muros”, nas sociedades, além de pedir solidariedade a imigrantes, sem-teto e pessoas que passam fome pelo mundo.
— Diante de tanto sofrimento na nossa época, que o Senhor da vida não tenha frieza e indiferença. Faça de nós construtores de pontes, não de muros. Ele, doando sua paz, faça cessar o rugido das armas, tanto nos contextos de guerra quanto das nossas cidades, e inspire os líderes das nações para colocarem fim à corrida armamentista e à preocupante difusão das armas, principalmente nos países economicamente mais avançados — disse o Papa.

Massacre

Diante do massacre cometido no Sri Lanka, neste domingo, com uma série de ao menos oito atentados contra igrejas e hotéis que deixaram mais de 200 mortos, Francisco enviou uma mensagem especial ao país.

– Recebi com tristeza e dor a notícia dos graves atentados que, justamente neste dia de Páscoa, levaram luto e dor a algumas igrejas e locais sagrados no Sri Lanka. Desejo manifestar a minha afetuosa proximidade à comunidade cristã, atingida enquanto rezava, e a todas as vítimas desta cruel violência — concluiu.


Источник: https://www.correiodobrasil.com.br/papa-francisco-ora-almas-200-catolicos-mortos-sri-lanka/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias