Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Petrobras eleva mais uma vez preço dos combustíveis nas refinarias

8 de Março de 2021, 16:19 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 211 vezes

O anúncio do reajuste, segundo a estatal, zera a defasagem em relação ao preço de paridade de importação. Em linha com a constatação da Petrobras, a consultoria Stonex afirmou, em nota a clientes assinada pelo líder da área de petróleo da empresa, Thadeu Silva, que “os reajustes estão bem em linha com movimentos internacionais”.

Por Redação – do Rio de Janeiro

A Petrobras elevará o preço médio do diesel nas refinarias em R$ 0,15 por litro (ou 5,5%), e o da gasolina em R$ 0,23 por litro (ou cerca de 9%), a partir de terça-feira, informou a companhia em nota à imprensa nesta segunda-feira. Com os reajustes, o valor médio do diesel da Petrobras vendido às distribuidoras passará a ser de 2,86 reais por litro, enquanto o da gasolina 2,84 reais por litro.

A Petrobras ajusta os preços dos combustíveis ao mercado internacional, o que parte dos analistas acredita ser um erro da atual administração

O anúncio do reajuste, segundo a estatal, zera a defasagem em relação ao preço de paridade de importação. Em linha com a constatação da Petrobras, a consultoria Stonex afirmou, em nota a clientes assinada pelo líder da área de petróleo da empresa, Thadeu Silva, que “os reajustes estão bem em linha com movimentos internacionais”.

Opep

A consultoria global estima que, devido à queda dos preços no mercado mundial, nesta segunda-feira, há espaço neste momento, inclusive, para uma pequena redução, de R$ 0,013 no preço do litro do diesel e de 0,024 na gasolina.

Isso porque o reajuste anunciado nesta manhã toma como base o comportamento de alta dos preços nos últimos dias, diante da decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de manter os cortes de produção.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/petrobras-eleva-mais-uma-vez-preco-combustiveis-refinarias/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias