Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

PF deflagra ação contra crimes licitatórios e corrupção no Estado gaúcho

14 de Junho de 2024, 13:19 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 25 vezes

Também é investigado o pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos envolvidos de forma direta e indiretamente com os casos. Foram alvos da operação dois servidores públicos municipais.

Por Redação, com ACS – de Brasília

A Polícia Federal deflagrou, nesta sexta-feira, operação destinada a combater crimes licitatórios e de corrupção, praticados no âmbito das Secretarias de Educação de Canoas e de Eldorado do Sul, no Estado gaúcho.

Os ilícitos foram praticados no âmbito das Secretarias de Educação de Canoas e Eldorado do Sul

Policiais federais cumprem hoje dois mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal, na Grande Porto Alegre.

Durante o curso das investigações, foi identificado que, nos anos de 2021 e 2022, os envolvidos realizaram a compra de livros e conjuntos de robótica com direcionamento de fornecedor e sobrepreço inicial no contrato, fazendo uso de procedimentos de adesões a atas de registros de preços de outros entes federativos.

Também é investigado o pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos envolvidos de forma direta e indiretamente com os casos. Foram alvos da operação dois servidores públicos municipais.

Cédulas falsas

A Polícia Federal apreendeu, na tarde de quinta-feira, um adolescente que havia recebido uma encomenda contendo cédulas falsas, no município de Três Passos/RS.

Após receber informações do envio de uma remessa suspeita de conter dinheiro falso para Três Passos, equipe de policiais passou a monitorar a entrega da encomenda. O destinatário da remessa foi abordado pelos policiais federais logo após recebê-la.

Na ação, foram apreendidas dez notas de R$ 100, todas com indícios de falsidade.

O adolescente, de 16 anos, foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Três Passos em razão da prática de ato infracional análogo ao crime de moeda falsa e, posteriormente, entregue a sua genitora.

Mulheres são presas por distribuição de moeda falsa em SC

A Polícia Federal lavrou, na última quarta-feira, auto de prisão em flagrante de um grupo formado por quatro mulheres, detidas pela Polícia Militar de Santa Catarina por repassarem notas falsas de R$ 200 em comércios do estado.

Foram apreendidas 70 notas de dinheiro falso com valor de face de R$ 200; aparelhos celulares, mais de R$ 6 mil em espécie e o automóvel utilizado na prática dos crimes.

A ação se deu após a Polícia Militar em Laguna/SC ser acionada para atender uma ocorrência sobre crime de moeda falsa repassada em um mercado da cidade. A abordagem policial foi realizada na BR 101, em Palhoça/SC. O grupo de mulheres foi encaminhado à superintendência da PF, em que foi lavrado o auto de prisão em flagrante delito.

Oriundo de São Paulo, o grupo é formado por três mulheres e uma adolescente de 17 anos. As mulheres já estariam há pelo menos dois dias percorrendo cidades do sul de Santa Catarina comprando itens baratos e pagando com notas falsificadas para receber troco em moeda verdadeira.

A adolescente foi encaminhada para a delegacia especializada da Polícia Civil/SC. As demais aguardam audiência de custódia e estão à disposição da Justiça em Florianópolis.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/pf-deflagra-acao-contra-crimes-licitatorios-corrupcao-estado-gaucho/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias