Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Polícia prende quadrilha que aplicava golpe da ‘falsa central de banco’

14 de Junho de 2024, 12:47 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 29 vezes

De acordo com a PCDF, a quadrilha buscava o cartão da vítima em casa, além de afirmar que o celular também precisava passar por uma perícia. Eles usavam dados da dark web para contatas as pessoas.

Por Redação, com Byte – de Brasília

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) realizou uma operação na última quarta-feira e prendeu oito pessoas responsáveis pelo golpe da falsa central de banco. Os prejuízos somaram R$ 107 mil, com saques, transferências e empréstimos.

Polícia Civil desmontou quadrilha que aplicava golpe da falsa central de banco

De acordo com a PCDF, a quadrilha buscava o cartão da vítima em casa, além de afirmar que o celular também precisava passar por uma perícia. Eles usavam dados da dark web para contatas as pessoas.

Além das prisões, houve quatro mandados de busca e apreensão, assim como 10 bloqueios de contas bancárias.

As prisões ocorreram em Ceilândia e Planaltina, no Distrito Federal, e em Nova Gama, Goiás. O líder da quadrilha, Wallyson Rodrigues de Oliveira, foi detido em um hotel em Valparaíso, Goiás.

O delegado Erick Sallum afirmou, em nota à imprensa, que os criminosos operavam uma central de banco falsa, e que suas vítimas eram majoritariamente idosas com maior poder aquisitivo.

O delegado da PCDF também disse que essas informações foram adquiridas por meio da dark web, em planilhas com dados de milhões de pessoas. Nelas, estavam dados bancários, números de telefone e e endereços, entre outros.

– As novas tecnologias alteraram a sociedade para sempre. Jamais retornaremos ao tempo de sossego e possibilidade de desatenção com a segurança cibernética. A polícia faz seu papel repressivo, mas a população deve redobrar os cuidados com seus relacionamentos e ações nos ambientes digitais – alerta Sallum.

Como funciona o golpe

O grupo contatava as vítimas, dizendo que o banco tinha detectado operações bancárias fraudulentas. Em seguida, eles solicitavam que elas entregassem o cartão e o celular para uma perícia, para investigar a origem das transações. Assim, um motoboy ia à casa da vítima.

Com tudo em mãos, os criminosos faziam diversas operações bancárias. Segundo a polícia, uma das vítimas do Lago Norte, em Brasília, perdeu R$ 107 mil.

Os saques e transferências eram feitos em caixas eletrônicos próximos à localização dos golpistas, além de terem transferido dinheiro rapidamente para contas de laranjas, na tentativa de dificultar a investigação.

Em casos como esse, os bancos não devolvem os valores às vítimas, uma vez que elas foram coagidas a entregar os cartões voluntariamente.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/policia-prende-quadrilha-aplicava-golpe-falsa-central-banco/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias