Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

São Paulo: falha em trens prejudica milhares de passageiros

18 de Outubro de 2021, 11:26 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 17 vezes

 

Segundo a companhia, os trens desta linha estão circulando em velocidade reduzida e com maior tempo de parada entre as Estações Presidente Altino e Ceasa, devido a problemas técnicos no sistema de energia. 

Por Redação, com ABr – de São Paulo

Desde o início da manhã desta segunda-feira, os usuários da Linha 9 Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos enfrentam dificuldades para acessar o serviço.

Problemas técnicos no sistema de energia prejudicam o serviço

Segundo a companhia, os trens desta linha estão circulando em velocidade reduzida e com maior tempo de parada entre as Estações Presidente Altino e Ceasa, devido a problemas técnicos no sistema de energia.

A falha já ocorreu há 3 horas. Técnicos trabalham no local, mas não há previsão de restabelecendo do serviço. De acordo com a última atualização, às 9h, as outras linhas da CPTM e do Metrô operam normalmente.

Barreiras

As barreiras sanitárias para identificação de casos suspeitos de covid-19 no aeroporto e terminais rodoviários de São Paulo foram desativadas. Segundo a prefeitura da capital paulista, o encerramento dos trabalhos aconteceu na sexta-feira (15) devido a estabilização do número de casos na cidade.

Desde 27 de maio, as equipes da Coordenadoria de Vigilância em Saúde trabalharam no Aeroporto de São Paulo/Congonhas e os terminais da Barra Funda, Tietê e Jabaquara. No aeroporto, foram registrados 157 casos sintomáticos de covid-19 em 555,7 mil abordagens. Nos terminais rodoviários, foram 213 mil abordagens para identificação de 53 pessoas com sintomas da doença.

Foram feitas ainda abordagens educativas no Terminal de Cargas Fernão Dias e nos terminais de ônibus urbanos do Brás e do Pari.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/sao-paulo-falha-trens-prejudica-milhares-passageiros/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias