Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

São Paulo tem 323 mil casos confirmados de coronavírus

6 de Julho de 2020, 14:34 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 15 vezes

O Estado de São Paulo soma, até o momento, 323.070 casos confirmados do novo coronavírus, com 176.494 pessoas curadas, sendo 48.366 curadas após receberam alta médica. Desde o início da pandemia, o estado soma 16.134 óbitos pela doença.

Por Redação, com ABr – de São Paulo

O Estado de São Paulo soma, até o momento, 323.070 casos confirmados do novo coronavírus, com 176.494 pessoas curadas, sendo 48.366 curadas após receberam alta médica. Desde o início da pandemia, o estado soma 16.134 óbitos pela doença.

Desde o início da pandemia, o Estado soma 16.134 óbitos pela doençaDesde o início da pandemia, o Estado soma 16.134 óbitos pela doença

Há 5.501 pessoas internadas em unidades de terapia intensiva (UTI) de todo o Estado, em casos confirmados ou suspeitos de coronavírus, além de 8.023 pessoas internadas em enfermarias. A taxa de ocupação de leitos de UTI para tratamento do coronavírus está em torno de 63,9% no estado e em 63,3% na Grande São Paulo.

Reabertura

Reabriram nesta segunda-feira na cidade de São Paulo os centros esportivos municipais, bares, restaurantes e salões de beleza. Todos esses espaços e estabelecimentos ainda estão sujeitos, no entanto, a restrições de horário e normas para prevenção da disseminação do novo coronavírus.

Os centros esportivos municipais ficam abertos das 6h as 12h, somente para caminhadas ao ar livre. É obrigatório o uso de máscaras, os bebedouros estarão desativados e será feito controle de acesso. Não será permitido o acesso a piscinas, playgrounds e quadras esportivas. A estimativa da prefeitura é que nesta fase os clubes sejam frequentados por 40% do público antes da pandemia, o equivalente a 148 mil pessoas por mês.

Restaurantes

Os bares e restaurantes também reabrem hoje com um público limitado a 40% da capacidade máxima dos estabelecimentos. As normas foram estabelecidas em um protocolo assinado com representantes dos empresários e trabalhadores. As mesas não poderão ser ocupadas por mais de seis pessoas e devem ter distância de dois metros (m) entre elas. Só poderão consumir clientes que estiverem sentados. Os cardápios devem ser disponibilizados para visualização pelo celular ou em painéis afixados no estabelecimento.

Salões de beleza

Nos salões de beleza, o atendimento deve ser agendado de forma a evitar aglomerações e filas. Deve haver distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas. Também será permitido o uso de apenas 40% da capacidade máxima. Para o corte, o cabelo dos clientes deve ser lavado antes do serviço. Na depilação e no corte de barba, devem ser usados máscara e escudo facial. Trabalhadores que precisem ter contato físico com os clientes devem usar luvas.

As regras completas estão disponíveis no decreto publicado no sábado em edição suplementar do Diário Oficial da cidade.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/sao-paulo-casos-confirmados-coronavirus/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias