Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Serena chega à final de Wimbledon com vitória sobre Strycova

11 de Julho de 2019, 14:59 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 43 vezes

A tenista de 37 anos se tornará a mulher mais velha a disputar uma final de Grand Slam na era profissional.

Por Redação, com Reuters – de Londres

Disputar duplas mistas com Andy Murray foi divertido, mas Serena Williams voltou ao trabalho sério ao chegar à sua 11ª final de Wimbledon demolindo a tcheca Barbora Strycova em parciais de 6-1 e 6-2, na Quadra Central, nesta quinta-feira.

Serena Williams em ação contra Barbora Strycova na semifinal de Wimbledon

Com saques e forehands poderosos, a veterana norte-americana se manteve sempre no controle da partida e agora enfrentará a romena também ex-número um do mundo Simona Halep na decisão de sábado.

A tenista

A tenista de 37 anos se tornará a mulher mais velha a disputar uma final de Grand Slam na era profissional e terá mais uma chance de igualar o recorde de 24 títulos de grandes torneios de Margaret Court. No ano passado ela perdeu as finais de Wimbledon e do Aberto dos Estados Unidos.

– É bom, especialmente depois do meu ano. Com certeza é bom estar de volta na final – disse Serena, que só jogou esporadicamente neste ano por causa de problemas no joelho.

– Com certeza está muito melhor, eu só precisava de algumas partidas. Sei que estou melhorando e só precisava me sentir bem, depois posso fazer o que faço melhor, que é jogar tênis.

Strycova, que aos 33 anos é a tenista mais velha e atingir as semifinais de um Grand Slam pela primeirz vez, tem um jogo ardiloso que mexeu com a cabeça da britânica Johanna Konta nas quartas de final.

Mas Serena, dona de sete títulos em Wimbledon e que ainda busca seu primeiro troféu desde que se tornou mãe em 2017, é muito mais robusta e simplesmente destruiu a resistência frágil da oponente.

Federer

Roger Federer atingiu um novo marco histórico ao chegar à semifinal de Wimbledon na quarta-feira, recuperando-se de um início difícil para derrotar o japonês Kei Nishikori em quatro sets para se tornar o primeiro homem a chegar a uma centena de vitórias em torneios de simples em Grand Slams.

Federer, que venceu por 4-6, 6-1, 6-4 e 6-4 e agora enfrentará o espanhol Rafael Nadal, foi tão mal no primeiro set que Nishikori, oitavo cabeça de chave do torneio, pode ter pensado que o suíço de 37 anos começou a sentir o peso dos anos.

Partida

No entanto, o restante da partida mostrou um número suficiente de momentos brilhantes para o oito vezes campeão de Wimbledon e segundo cabeça de chave para que Federer se tornasse o único membro do clube daqueles que já conquistaram 100 vitórias em partidas de Grand Slam.

A vitória de Federer garantiu que Wimbledon sediará uma das maiores rivalidades do esporte depois que Nadal superou o norte-americano Sam Querrey e seu poderoso saque em três sets para agendar um duelo com o suíço por uma vaga na final.

Os dois não se enfrentam em Wimbledon desde a titânica final de 2008, quando Nadal superou Federer em cinco sets eletrizantes.

Os dois jogadores mais bem-sucedidos da história do tênis masculino se enfrentaram em 39 ocasiões e Nadal venceu o suíço pela 24ª vez na última vez em que duelaram na semifinal do Aberto da França no mês passado.

– É especial – disse Federer sobre sua última proeza numérica. “Se eu olhar para as 100, algumas foram incrivelmente legais.”


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/serena-wimbledon-vitoria-strycova/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias