Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Stefani e Hayley vencem chinesas e vão à final do WTA de Adelaide

26 de Fevereiro de 2021, 13:51 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 15 vezes

A paulistana Luisa Stefani e a parceira Hayley Carter, dos Estados Unidos, estão a apenas uma partida de conquistar o primeiro título deste ano no circuito mundial de tênis. A dupla se classificou à final do WTA 500 de Adelaide (Austrália), na madrugada desta sexta-feira.

Por Redação, com ABr e Reuters – de Adelaide, Austrália/Mumbai

A paulistana Luisa Stefani e a parceira Hayley Carter, dos Estados Unidos, estão a apenas uma partida de conquistar o primeiro título deste ano no circuito mundial de tênis. A dupla se classificou à final do WTA 500 de Adelaide (Austrália), na madrugada desta sexta-feira, ao superar por 2 sets a 0 as chinesas Yifan Xu e Zhaoxuan Yang, com parciais de 6/2 e 6/3.

A paulistana Luisa Stefani e a parceira Hayley Carter, dos Estados Unidos, estão a apenas uma partida de conquistar o primeiro título deste ano

A final será na madrugada deste sábado, às 2h30 (horário de Brasília). Stefani e Hayley disputarão o título com a chilena Alexa Guarachi em parceria com a norte-americana Desirae Krawcyki.

A decisão de título de duplas

Elas avançaram após eliminarem as norte-americanas Kaitlyn Christian e Sabrina Santamaria por 6/1 e 6/2.

A decisão de título de duplas será a segunda nesta temporada de Stefani e Carte. Em janeiro, elas ficaram perto de conquistar o WTA 500 de Abu Dhabi, mas após disputa acirrada com as japonesas Shuko Ayoama e Ena Shibahara, a parceria Brasil-EUA perdeu e ficou com o vice-campeonato.

Nova geração do tênis

Ex-finalista em Wimbledon, David Nalbandian disse que os tenistas mais jovens do circuito masculino da ATP precisam começar a acreditar em si mesmos se quiserem diminuir a distância que os separa de Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic.

O russo Daniil Medvedev parecia estar mais perto de acabar com a hegemonia dos “Três Grandes” nos Grand Slams ao chegar à final do Aberto da Austrália com uma sequência de 20 vitórias, que incluiu 12 triunfos sobre os dez melhores do ranking sem perder nenhum set.

Mas isso não serviu para nada, já que Djokovic o derrotou em três sets e ampliou um recorde com seu nono troféu em Melbourne Park, o 18º do sérvio em um Grand Slam.

Nalbandian disse ao site da ATP que a jornada de Medvedev rumo à vitória no ATP Finals de novembro, durante a qual derrotou Djokovic e Nadal, provou ao restante do circuito que tudo é possível.

– Isto mostrou que qualquer um consegue derrotá-los”, disse o antigo número três do mundo. “Eles são jogadores incríveis, mas não são super-heróis. A nova geração tem que começar a acreditar em si mesma.

Com o triunfo do Djokovic, 15 dos últimos 16 grandes torneios foram vencidos pelos “Três Grandes”.

O austríaco Dominic Thiem venceu seu primeiro Grand Slam no Aberto dos Estados Unidos do ano passado, mas na ausência de Nadal e Federer, enquanto Djokovic foi eliminado na quarta rodada por atingir uma juíza de linha com uma bolada acidental.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/stefani-hayley-vencem-chinesas-vao-final-wta-adelaide/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias