Ir para o conteúdo

Motta

Voltar a Crônicas do Motta
Tela cheia

Sinais do fim do mundo

12 de Agosto de 2014, 17:24 , por Desconhecido - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 5 vezes
Só não vê quem não quer.
O apocalipse está próximo.
Basta abrir os jornalões para perceber que a hecatombe vai nos atingir de todos os lados.
No Oriente Médio, os fundamentalistas muçulmanos tomam conta do Iraque e da Síria.
E os judeus se encarregam de reduzir a pó a população palestina da Faixa de Gaza.
No norte da África, a Líbia padece com os tiros trocados por milícias rivais e o país se esfarela.
Na Ucrânia, civis são bombardeados por tropas "legalistas", integradas por neofascistas.
Os Estados Unidos, ajudados por submissos europeus, declara a Rússia o novo inimigo mundial número 1 - antes eram os "terroristas", de todas as cores e línguas...
Vale lembrar que EUA e Rússia são superpotências nucleares.
E que, pelo menos no lado americano, há várias autoridades a favor de um ataque nuclear "preventivo".
Há tensão em todo o mundo.
O Brasil não é exceção.

Os sinais do fim do mundo são claros.
A profecia de Antonio Conselheiro se concretiza: o sertão está virando mar, o mar está virando sertão.
São Paulo está prestes a ficar sem água, no maior desastre hidrológico de toda a sua história.
Seu governador parece, pelo menos publicamente, não se dar conta da tragédia que vai se abater sobre os mais de 30 milhões de habitantes do Estado.
Comporta-se como um completo alienado mental, dá declarações desprovidas de qualquer lógica quando, raramente, é questionado sobre o assunto. 
As providências que deveria ter tomado para evitar a catástrofe foram adiadas por meras questões eleitorais.
Sem a complacência de uma imprensa espúria, de uma Justiça conivente, a essa altura estaria sendo processado criminalmente.
Em âmbito nacional, as desgraças que evidenciam a proximidade do fim do mundo são outras.
Atendem pelo nome de Aécio Neves e Eduardo Campos, os dois candidatos oposicionistas da eleição presidencial.
Os dois devem ser analisados pelo potencial destrutivo que possuem.
Ele equivale a todo o arsenal nuclear americano e russo.
Na hipótese, ainda remota, de um deles vencer a eleição, os escombros que se veem na Faixa de Gaza serão templos reluzentes, como o recém-inaugurado de Salomão, em São Paulo, em comparação com o que se transformará o Brasil.
Os sinais do fim do mundo estão na nossa cara.
Só não vê quem não quer - ou quem deseja mesmo a extinção da raça humana...
Fonte: http://cronicasdomotta.blogspot.com/2014/08/sinais-do-fim-do-mundo.html

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    Motta

    0 comunidades

    Nenhum(a)