Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

 Voltar a Blog do damirso
Tela cheia

Programa “Caminhos de Minas” o grande golpe eleitoral

6 de Dezembro de 2013, 15:03 , por Daniel Miranda Soares - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 402 vezes

Programa “Caminhos de Minas” o grande golpe eleitoral

Programa prometido para beneficiar 304 municípios com 7,9 mil quilômetros de estradas, em três anos, construiu apenas 41 quilômetros

 

A questão seria cômica se não fosse trágica. De forma similar aos portugueses, que chegaram ao Brasil oferecendo espelhos em troca de ouro e pedras preciosas, os atuais ocupantes do Governo de Minas montaram há três anos, um minucioso projeto de marketing eleitoral, criando um cadastro de estradas que seriam pavimentadas, beneficiando 304 municípios, através do programa divulgado como "Caminhos de Minas”.

Com base nesse “cadastro”, partidários de Aécio e Anastasia montaram palanques eleitorais nos municípios que seriam beneficiados pelas estradas listadas. Três anos depois, pode- se constatar que tudo não passou de um grande golpe eleitoral, e que o programa “Caminhos de Minas” pavimentou apenas 41 quilômetros de estradas.
 
O “Caminhos de Minas” foi criado como um modelo capaz de interligar as micro-regiões. Era prevista a pavimentação de 7,9 mil quilômetros, que passariam pelos 304 municípios. 
 
Nitidamente desconcertado, o secretário de Transportes e Obras Públicas de Minas (Setop), Carlos Melles (DEM), apresentou nesta quinta-feira (5), o balanço de fim de ano. Até abril do ano passado, nenhum quilômetro havia sido concluído.
 
De acordo com o balanço do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-MG), os quilômetros concluídos correspondem a 6 dos 244 trechos previstos. As obras de 6,5 mil quilômetros ainda sequer foram licitadas. Quanto aos projetos de engenharia, segundo o DER-MG, 2,6 mil já foram concluídos e outros 3 mil quilômetros estão com licitação autorizada.
 
Mostrando que os integrantes do governo ainda imaginam ter algum ganho eleitoral com o programa,  durante a  apresentação, o secretário classificou o  “Caminhos de Minas” como o “carro-chefe da pasta”.  

Documento relacionado à matéria:

 

fonte:   http://www.novojornal.com/minas/noticia/programa-caminhos-de-minas-o-grande-golpe-eleitoral-06-12-2013.html

 


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.