Ir para o conteúdo

Bertoni

Voltar a Blog do Bertoni
Tela cheia

ONG patrocinada por petroleiras deu prêmio a promotores da Lava-Jato

22 de Janeiro de 2017, 12:18 , por Bertoni - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 230 vezes

No dia 03 de dezembro de 2016, a ONG Transparência Internacional deu um Prêmio contra a corrupção à força-tarefa da Operação Lava Jato, responsável por investigar o escândalo de desvio de dinheiro na Petrobras.

Bandeira.brasil.petroleo

Não haveria problema algum na premiação, não fosse o fato de ser a Transparência Internacional financiada por petroleiras internacionais e pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos, parte interessadíssimas no petróleo do pré-sal brasileiro.

A Transparência Internacional montou a XVII Conferência Internacional contra a Corrupção, no Paraná, e anunciou o prêmio aos promotores brasileiros que “revelaram a maior trama de corrupção de colarinho branco da história do país”.

Opa! Peraí!

  • Premiaram aqueles que ajudam a destruir uma petroleira estatal concorrente das empresas que financiam a ONG outorgante do prêmio?
  • Premiaram aqueles que não indiciam empresas estrangeiras?
  • Maior escândalo de colarinho branco?
  • E as privatizações que "beiravam o limite da irresponsabilidade" segundo conversa gravada entre FHC e um de seus ministros?

Como você poderá comprovar neste documento que disponibilizamos para download, TIS_2015FinancialStatements_rev2.pdf, retirado do site da própria Transparência Internacional, entre os financiadores da ONG estão o mega especulador financeiro e propagador do neoliberalismo George Soros e sua Open Society Foundation, o Departamento de Estado dos EUA e petroleiras como Shell e British Petroleum.

Mas ninguém é obrigado a acreditar em nós, nem nos acusar de fomentar teorias das conspiração.

Quem de nós duvidar, pode acessar o link http://www.transparency.org/files/content/ouraccountability/TIS_2015FinancialStatements_rev2.pdf e baixar o relatório diretodo site da própria ONG em questão.

O relatório de 2016 ainda não está disponível para download no site http://www.transparency.org da Transparência Internacional.

Com informações de MidiaCrucis, Carta Campinas e Transparência Internacional.


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    Bertoni