Ir para o conteúdo

Bertoni

Voltar a Blog do Bertoni
Tela cheia

Polícias estaduais a serviço do Golpe: terrorismo de estado

8 de Abril de 2016, 13:03 , por Bertoni - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 405 vezes

Já que as forças armadas não toparam dar o golpe eles usam as polícias estaduais para tanto, assim como tentaram dar o golpe contra Corrêa no Equador.

Assassinato do presidente do PT de Mogeiro (PB), vinculado à CPT, assassinato de sem-terras no Paraná, prisão do Frei Sérgio (MPA/RS), invasão, pela polícia, do ato de apoio a Lula (Sindicato dos Metalúrgicos do ABC), Ministério Público de Goiás atacando manifestações anti-golpe nas universidades, depredação das sedes dos partidos de esquerda, espancamento da garota que usava bicicleta vermelha, médico recusando atender filho de petista.

ISTO É SÓ O COMEÇO SE NÃO DERROTARMOS O GOLPE EM CURSO.

e tem mais...

Senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) sofre ameça de linchamento no Aeroporto Internacional de Curitiba. (Veja vídeo abaixo)

Casa de acolhimento a adolescentes é invadida por homens armados em Curitiba (Clique no link para ler a reportagem)

PM de SP tentando intimidar o acampamento da Frente Brasil Popular na Praça do Patriarca. (Veja Nota de Repúdio da FBP-SP abaixo)

Cacique Babau e um de seus irmãos, José Aelson, foram presos e conduzidos à PF de Ilhéus.

Caciques ilhéus

A intolerância com o diferente é a principal característica do fascismo.

Nota de Repúdio: Polícia Militar intimida Acampamento da Democracia na Praça do Patriarca

A Frente Brasil Popular em São Paulo repudia a covarde ação da Polícia Militar em intimidar os participatentes do Acampamento em Defesa da Democracia e Contra o Golpe, organizado por nossos movimentos na Praça do Patriarca, no centro da capital paulista, desde o começo deste mês.

O fato ocorreu hoje (8/4), por volta das 10h. Duas viaturas da PM invadiram a entrada do Acampamento, indagando sobre o que se tratava.

Mesmo tendo sido informados, os policiais permaneceram no local por 25 minutos.

Esse é mais um fato lamentável da PM de São Paulo, do governo Alckmin, e demontra mais uma vez que a Polícia Militar tem tomado partido a favor das forças políticas que defendem o golpe.

O outro lado tem apoio, como vimos no acampamento formado por apenas 12 pessoas da direita na Avenida Paulista que permaneceu 36 horas pedindo golpe e intervenção militar e permanece por lá com apoio. Que absurdo! Já as nossas ações têm sido constantemente intimidadas e dificultadas.

Diante disso, repudiamos a parcialidade com que os aparatos de controle e poder do Estado de SP têm agido. O governador deve dar esclarecimentos sobre a situação, do contrário ele está sendo conivente com o que vem acontecendo.

Nosso Acampamento permanece.

Não vai ter golpe!

São Paulo, 8 de abril de 2016.
Frente Brasil Popular-SP

Artigo editado a partir de vários posts no Telegram


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    Bertoni